NewsSportSports Portugal

Benfica aproveita ‘deslize’ do FC Porto, Braga e Vitória empatam – Sporting na liderança

O Benfica venceu em Arouca (3-0) e aproveitou o empate do FC Porto na 16.ª jornada da I Liga de futebol, seguindo atrás do líder Sporting, enquanto o Braga falhou o pódio empatando o dérbi minhoto (1-1),


Em Arouca, os comandados de Roger Schmidt construíram um triunfo tranquilo, em dia de homenagem a Eusébio (1942-2014), mas só na segunda parte, depois de um primeiro tempo em que alguns erros defensivos expuseram a equipa aos avançados da casa.
Ainda assim, Rafa adiantou os ‘encarnados’ aos 39 minutos e, no segundo tempo, as ‘águias’ construíram uma justa vantagem com tentos do turco Kökçü, aos 47, e do suplente utilizado Petar Musa, aos 85.
Foi a terceira vitória seguida na I Liga, e uma que deixa o Benfica mais folgado no segundo lugar, tendo visto os empates dos perseguidores mais próximos, além de manter a distância para o líder, o Sporting, que goleou sexta-feira o Estoril Praia (5-1).
Já o Arouca, que quarta-feira visita o Vizela nos ‘oitavos’ da Taça, interrompeu uma série de quatro rondas a pontuar, em que somou 10 dos 16 pontos que atualmente soma, mantendo-se a salvo, para já, da zona de descida.
O jogo do dia ficou reservado para o fim, com o mais notório dos dérbis do Minho a ‘cumprir’ o cartaz e João Mendes a vestir-se de protagonista deste ‘golpe de teatro’, com um grande pontapé de fora da área no último ‘suspiro’ da partida para negar o pódio à equipa de Artur Jorge.
Antes disso, os ‘bracarenses’ perderam Bruma, lesionado no aquecimento, e foi com Vítor Carvalho que chegaram à vantagem, no primeiro golo do médio brasileiro pelo clube, aos 53 minutos.
A formação de Braga teve as melhores oportunidades e até podia ter ampliado a vantagem, não fosse o desperdício de Abel Ruiz, com o internacional espanhol a acertar no poste, primeiro, e falhar na ‘cara’ de Bruno Varela, já nos descontos, mantendo o registo do ponta de lança esta época em ‘parcos’ dois golos em 26 encontros oficiais.
Aos 90+8 minutos, João Mendes fez jus ao ditado de que ‘quem não marca sofre’, com um grande golo, ao encher o pé para um remate potente, sem deixar a bola cair ao chão, e pleno de efeito, enganando Matheus para ‘gelar’ o Estádio Municipal de Braga.
Contas feitas, os ‘arsenalistas’ seguem em quarto, com 33 pontos, e viram fugir tanto o líder como o segundo classificado, falhando a oportunidade de igualar os ‘dragões’.
Três pontos abaixo está a equipa orientada por Álvaro Pacheco, que segue em plena recuperação e manteve distâncias para o principal rival, ainda que o Moreirense, que ainda joga nesta 16.ª jornada, possa ficar a um ponto em caso de vitória.
Vítor Gonçalves fez, aos 90+1 minutos, o único golo do Farense-Gil Vicente, dando a vitória à equipa da casa, que segue isolada no sétimo lugar, com 21 pontos, e ‘à porta’ dos lugares europeus.
A equipa de José Mota contou com várias defesas de Ricardo Velho antes de fazer, já nos descontos, o tento decisivo, pondo fim a uma série de quatro jogos seguidos sem ganhar no campeonato e prolongando a dos ‘gilistas’, sem somar três pontos há sete partidas.
Os minhotos somam 15 pontos, dois acima do lugar de ‘play off’ de manutenção, e continuam sem vencer – ou sequer pontuar – fora de casa para a Liga em 2023/24.
À mesma hora, Estrela da Amadora e Vizela empataram a uma bola e continuam sem romper com os ciclos negativos, com a equipa da casa a somar o terceiro encontro consecutivo sem vencer, chegando agora aos 17 pontos.
Os minhotos, que anularam um tento inaugural de André Luiz (07 minutos) por Samu (48), empataram um terceiro jogo seguido e estão em posição de ‘play off’, um ponto acima do Rio Ave, primeiro em lugar de descida direta, mas que joga ainda no domingo, como o lanterna-vermelha Chaves.
Hoje, os ‘vilacondenses’ recebem o Portimonense e os ‘flavienses’ visitam o Famalicão, numa 16.ª ronda que encerra segunda-feira com o Moreirense-Casa Pia.

Lusa

Leave a Reply

Back to top button