MadeiraNews

Bebé nasce numa ambulância em São Gonçalo

Os Bombeiros Voluntários de Santana, a equipa médica da EMIR e uma enfermeira do serviço de urgência dos Centro de Saúde de Santana, realizaram, na tarde de ontem, um parto no interior de uma ambulância. A mãe e a filha estão bem, depois de uma aventura no trajeto entre Santana e o Hospital Dr. Nélio Mendonça, no Funchal.

A mulher, de 42 anos, tinha sido vista pela equipa médica do centro de Saúde de Santana, tendo iniciado aí as contrações. Face à proximidade do nascimento do bebé, a equipa médica decidiu efetuar a transferência urgente para o hospital.

Uma equipa pré-hospitalar dos Bombeiros Voluntários de Santana foi ativada, na tarde de terça-feira, para realizar o transporte até à unidade hospitalar no Funchal, mas acabou por realizar o parto a bordo da ambulância da instituição, confirmou ao JM, Paulo Leme, Comandante dos BVS.

“Tratou-se de uma transferência do centro de Saúde de Santana para o Hospital, de uma mulher jovem, de 42 anos, grávida, em início de trabalho de parto. Ao chegar a São Gonçalo, a ambulância teve de parar para a tripulação realizar o parto”, começa por referir ao JM. Realizaram o parto a “equipa de bombeiros dos BVS, a enfermeira do centro de saúde que estava a acompanhar a grávida e ainda a equipa médica da EMIR”, disse.Paulo Leme revela que, pelo menos no passado recente, este foi o “primeiro parto realizado” pelos BVS e a equipa que estava na ambulância é das que mais experiência tem. “Os dois bombeiros ficaram, naturalmente, satisfeitos”, acrescentando que para os bombeiros “qualquer missão quando é bem-sucedida, todos ficam mais satisfeitos”.

Paulo Graça

in JM Madeira

Leave a Reply

Back to top button