Deprecated: Function Elementor\DB::is_built_with_elementor is deprecated since version 3.2.0! Use Plugin::$instance->documents->get( $post_id )->is_built_with_elementor() instead. in /usr/www/users/portuywnge/wp-includes/functions.php on line 5383
NewsPortugal

FOGOS AMEAÇAM PORTUGAL – FIRES THREATEN PORTUGAL

Mais de 70 concelhos dos distritos de Faro, Santarém, Leiria, Coimbra, Viseu, Castelo Branco, Portalegre, Guarda, Vila Real, Bragança e Faro apresentam hoje um perigo máximo de incêndio rural, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

O IPMA colocou também vários concelhos de todos os distritos de Portugal continental em perigo muito elevado e elevado de incêndio rural.

De acordo com a previsão do IPMA, o perigo de incêndio vai agravar em algumas regiões do continente pelo menos até terça-feira.

O perigo de incêndio, determinado pelo IPMA, tem cinco níveis, que vão de reduzido a máximo.

Os cálculos são obtidos a partir da temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

Nos próximos dias, Portugal continental irá enfrentar uma situação de tempo quente persistente, que deverá dar origem a uma onda de calor em muitas áreas do território.

A previsão aponta para uma subida dos valores de temperatura, em especial da máxima, esperando-se valores acima de 35 graus Celsius na generalidade do território, podendo atingir valores superiores a 40 graus no interior, em especial na região sul e nos vales do Tejo e Douro.

Face às previsões meteorológicas, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil colocou seis distritos de Portugal continental em alerta laranja, o segundo mais elevado, a partir de hoje devido ao risco elevado de incêndio florestal.

Segundo a ANEPC, Viseu, Vila Real, Bragança, Guarda, Castelo Branco e Santarém são os seis distritos em alerta laranja, enquanto os restantes 12 vão estar em alerta amarelo, o terceiro mais elevado.

Na quinta-feira, o Ministério da Administração Interna (MAI) decretou a situação de alerta devido ao “significativo aumento do risco de incêndio rural”. O alerta começou Às 00:00 de hoje e vai vigorar até 15 de julho.

“Face às previsões meteorológicas para os próximos dias, que apontam para um significativo agravamento do risco de incêndio rural, os ministros da Defesa Nacional, da Administração Interna, da Saúde, do Ambiente e Ação Climática e da Agricultura e da Alimentação determinaram hoje a declaração da situação de alerta em todo o território do continente”, referia um comunicado do Ministério da Administração Interna (MAI).

O MAI avançava que a declaração surge na sequência da elevação do Estado de Alerta Especial do Sistema Integrado de Operações de Proteção e Socorro (SIOPS), para o Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais (DECIR), em todos os distritos do território continental.

in Lusa

More than 70 municipalities in the districts of Faro, Santarém, Leiria, Coimbra, Viseu, Castelo Branco, Portalegre, Guarda, Vila Real, Bragança and Faro present today a maximum danger of rural fire, according to the Portuguese Institute of the Sea and the Atmosphere (IPMA). ).

The IPMA also placed several municipalities in all districts of mainland Portugal at very high and high risk of rural fire.

According to the IPMA forecast, the fire danger will worsen in some regions of the continent at least until Tuesday.

The fire hazard, determined by the IPMA, has five levels, ranging from reduced to maximum.

The calculations are obtained from the air temperature, relative humidity, wind speed and amount of precipitation in the last 24 hours. In the coming days, mainland Portugal will face a situation of persistent hot weather, which should give rise to a heat wave in many areas of the territory.

The forecast points to a rise in temperature values, especially the maximum, with values ​​above 35 degrees Celsius expected in most of the territory, reaching values ​​above 40 degrees in the interior, especially in the southern region and in the Tagus valleys. and Douro.

In view of weather forecasts, the National Emergency and Civil Protection Authority has placed six districts of mainland Portugal on orange alert, the second highest, as of today due to the high risk of forest fires.

According to ANEPC, Viseu, Vila Real, Bragança, Guarda, Castelo Branco and Santarém are the six districts on orange alert, while the remaining 12 will be on yellow alert, the third highest.

On Thursday, the Ministry of Internal Administration (MAI) declared a situation of alert due to the “significant increase in the risk of rural fire”. The alert started at 00:00 today and will be in effect until July 15th.

“Given the weather forecasts for the next few days, which point to a significant worsening of the risk of rural fire, the ministers of National Defence, Internal Administration, Health, Environment and Climate Action and Agriculture and Food today determined the declaration of the alert situation throughout the continent”, said a statement from the Ministry of Internal Administration (MAI).

The MAI advanced that the declaration follows the elevation of the Special Alert State of the Integrated Protection and Relief Operations System (SIOPS), to the Special Device for Fighting Rural Fires (DECIR), in all districts of the mainland.

in Lusa

Leave a Reply

Back to top button

Adblock Detected

Hi, please turn off your Ad Blocker we do not SPAM. Its for analytics only.